Receita de caipirinha de limão tradicional

caipirinha de limão tradicional

Cachaça, limão, açúcar e gelo. Estes são os ingredientes para a caipirinha tradicional, um drink brasileiro que faz sucesso até entre os estrangeiros que visitam o país.

Apesar de simples, é preciso ficar atento a alguns detalhes para a bebida não amargar e descer suave.

Por exemplo, o copo deve ser baixo e os limões devem ser bem selecionados.

Outro ponto importante é a cachaça: deve ser escolhida com cautela.

Como a cachaça branca é neutra no sabor, ela é a escolha perfeita para a caipirinha.

As cachaças envelhecidas têm um gosto amadeirado, que altera o sabor final.

Melhor limão para fazer caipirinha

O melhor limão para fazer caipirinha é aquele com casca lisa e fininha. Também deve ser macio ao toque.

Estes são sinais de que o limão está novo e cheio de caldo.

No preparo, é preciso tirar a parte branca interna dos limões e também macerá-los com a casca voltada ao fundo do recipiente.

Importante: Nunca use limão espremido ou vendido em garrafas.

Receita de caipirinha tradicional

Ingredientes

  • 60 ml de cachaça branca
  • 1 limão-taiti
  • 2 colheres de sopa de açúcar refinado
  • Gelo a gosto

Como fazer

  1. Corte as bordas do limão.
  2. Em seguida, corte o limão ao meio e tire a parte branca de dentro.
  3. Corte novamente as duas metades em quatro pedaços, deixando cubos pequenos.
  4. Em um copo baixo, coloque os limões com a casca para baixo.
  5. Adicione o açúcar e macere devagar para liberar o sumo.
  6. Depois, adicione gelo até a boca do copo e a cachaça branca.
  7. Mexa e sirva.

Curiosidades sobre a caipirinha

A caipirinha é a única bebida brasileira no cardápio oficial da Associação Internacional de Bartenders. O drink foi incluído no cardápio em 1994.

São várias as versões sobre a origem da caipirinha. Mas a mais disseminada fala que a bebida foi criada em 1918.

Na receita original levava alho e mel. O objetivo era combater os sintomas da Gripe Espanhola.

Então, o tempo foi passando e a bebida teria saído do interior de São Paulo para o litoral. Foi então que ganhou o nome caipirinha.

Entretanto, os cariocas defendem que o drink surgiu em Paraty. Também era usado como remédio, por marinheiros.

Mas o que todos concordam é que não tem coisa melhor que uma caipirinha bem feita, seja no churrasco ou para acompanhar a feijoada.